Mostrando postagens com marcador Relacionamentos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Relacionamentos. Mostrar todas as postagens

domingo, 14 de novembro de 2021

Como viver em paz com outros


Sua vida pode se tornar bem simples se viver em paz com os outros. Como é possível viver em paz com outros ? Veja:

Em primeiro lugar reflita um pouco neste pensamento bíblico:


"Na verdade não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque."

Eclesiastes 7:20


Antes de mais nada é muito importante termos um conceito realista sobre as pessoas e não esperar perfeição. Todos cometem erros e por isso precisamos estar prontos para aceitar que mesmo pessoas boas e amáveis podem errar. Por isso, esteja pronto a perdoar. Um outro texto da Bíblia diz:


"O ódio causa brigas, Mas o amor cobre todas as transgressões."

Provérbios. 10:12


Segundo, quando estivermos lidando com outras pessoas devemos procurar enxergar o ponto de vista alheio. O problema nem sempre é a falta de concordância mas os ruídos que ocorrem durante a comunicação. O jeito de falar e a forma como nos expressamos pode ajudar a amenizar o problema ou aumentá-lo. 



Procure sempre falar de modo respeitoso e bondoso com outras pessoas, mesmo que sejam mais jovens e inexperientes do que você. Do jeito certo podemos falar sobre qualquer coisa mas do jeito errado, mesmo um bom dia pode soar como uma ofensa. A forma como nos expressamos é muito importante se desejarmos viver em paz.

Terceiro, tenha em mente que para viver em paz às vezes precisamos estar dispostos a ceder. Isto significa ser maleável. Há pessoas que ficam discutindo às vezes por bobeiras ou ninharias o tempo todo. Nem sempre o tempo empregado para provar que estamos certos vale a pena. Há certas coisas que é melhor deixar para lá. Quando se sentir tentado a discutir ou brigar por causa de alguma coisa pense: será que esta briga vale a pena? será que mesmo se eu ganhar valerá a pena? que preço terei de pagar para provar ou ganhar esta discussão? 

Apenas para citar um exemplo, reflita nesta estória: uma pessoa entra numa lanchonete de um aeroporto, pede um lanche e na hora de pagar, por algum motivo o atendente volta o troco errado. O preço da refeição era R$ 45 mas por um erro foi cobrado R$ 55. E na confusão o caixa acredita que já devolveu os R$ 5 quando na verdade se confundiu e cobrou R$ 5 a mais. A quantia não é muito grande mas é direito da pessoa exigir o troco correto. Mas dai, para poder conseguir fazer valer o seu direito, é necessário chamar o gerente e inicia-se uma discussão sobre o valor, o troco, o atendimento e etc e para ter certeza do acontecido o gerente manda fechar o caixa para conferir. Sem se dar conta, esse cliente perde o voo que já estava próximo e para remarcá-lo terá de desembolsar uma quantia bem maior. Será que neste caso valeu a pena insistir no seu direito ?

Veja, não estou dizendo que devemos deixar para lá tudo e aceitarmos ser injustiçados, mas será que sempre devemos brigar por tudo? será que algumas coisas não podem ser deixadas pra lá pelo bem da nossa paz e das nossas amizades? Para vivermos em paz precisamos estar decididos a nos empenhar por ela e isto pode significar abrir mão de algumas coisas menores para mantermos um bem maior.



Então, recapitulando as dicas  para viver em paz com outros:

  1. Tenha um conceito realista sobre as pessoas, tenha em mente que ninguém é perfeito;
  2. Tente enxergar o ponto de vista alheio e se expresse de forma respeitosa;
  3. Quanto vale a sua paz ? Esteja disposto a ceder se possível para manter a paz. 


---
Agradecimentos
1ª Imagem de Kristin Baldeschwiler por Pixabay 
2ª Imagem de Ryan McGuire por Pixabay 
3ª Imagem de Luisella Planeta Leoni por Pixabay 

sábado, 30 de outubro de 2021

Como evitar problemas ao ajudar outros ?


"No entanto, que nenhum de vocês sofra como ... 

intrometido nos assuntos dos outros." 

1ª Pedro 4:15


Poucos conselhos podem te ajudar a evitar dor de cabeça gratuita como o acima. Aprenda a se preservar por não se envolver demais com problemas dos outros.

Não é o caso de você se tornar uma pessoa egoísta e não fazer mais nada para auxiliar o próximo, não é o caso de você só pensar em si mesmo e não ajudar mais ninguém. O mundo não precisa de mais uma pessoa egoísta, já tem egoístas de sobra por aí. Precisamos mesmo é de pessoas que se interessem pelos outros e que queiram ajudar. O grande problema não é ajudar ao próximo. O problema é se envolver DEMAIS com os problemas dos outros e deixar de cuidar dos seus próprios assuntos. Alguns chegam ao ponto de se intrometerem nos assuntos alheios, sem nem mesmo serem convidados.

O que pode te ajudar a ter equilíbrio nessa questão? Primeiro, aprenda a respeitar a privacidade dos outros. Segundo, não seja intrometido, não se envolva em questões se nem mesmo foi convidado. Terceiro, tenha em mente que embora possamos ajudar outros, há certas decisões que só cabem à própria pessoa então, respeite as decisões de outros, mesmo que não concorde com elas. Quarto, tenha em mente que cada um tem de levar sua própria carga de responsabilidade, então não tire a carga dos outros para colocar em seu próprio ombro. Não há nada de mal em ajudar outros e o mundo precisa de mais pessoas que sejam ajudadoras, mas isto não significa assumir a responsabilidade que é de outros ou do governo. Cada um deve assumir sua própria responsabilidade.

E você? Tem dado trabalho para outros ? Veja algumas considerações  sobre como ter mais equilíbrio lendo o artigo Faça o seu melhor!

----

Imagem de OpenClipart-Vectors por Pixabay 

Como lidar com problemas

 O método de 3 passos para resolver problemas.


Este vídeo vai tratar de: preocupação, decisões, solução de problemas, método de resolução de problemas

Um método maravilhoso para lidar com problemas foi proposto por Dale Carnegie, um dos maiores autores de todos os tempos. Veja abaixo um esquema simplificado de acordo com Dale Carnegie sobre o que fazer ao se deparar com problemas:

  1. Reunir os fatos.
  2. Tomar uma decisão.
  3. Colocar em prática a decisão agindo.
  4. Resolver problemas através das seguintes questões: Qual é o problema? Qual é a causa do problema? Quais são as soluções possíveis? Qual é a melhor solução?
Se você seguir estes passos será mais fácil resolver os problemas que o afligem, é um método simples e prático que leva em consideração a análise do problema e o mais importante a ação necessária para resolver o problema. Sem isso podemos ficar horas e horas nos debatendo sobre um determinado problema e não chegar a lugar nenhum. Se você não tem o hábito de usar um esquema parecido com este que tal experimentá-lo por alguns dias para ver se funciona ? Os resultados poderão te surpreender.

Devo mandar muitas mensagens para meus amigos ?

Gente, todo mundo tem aquele amigo chato que fica o dia inteiro mandando tudo o que acha na internet e o que pensa que é interessante para os outros. Isso sem dizer de propaganda política, fake news e tantas outras coisas que acabam abarrotando nosso celular, isso sem falar na perda de tempo de ficar olhando tudo o que chega e que muitas vezes não tem o menor valor para quem recebe. O que fazer se aquele amigo sem desconfiômetro fica te mandando um monte de spam ? E se for você quem manda ? Veja um vídeo animado que trata desse assunto.

Como analisar e resolver problemas

Veja um método eficaz para resolver seus problemas do dia a dia e evitar preocupações.

Este vídeo trata de: preocupação, método para se livrar de preocupações

Quem é que já não se deparou com decisões difíceis a serem tomadas e ficou de um lado para outro tentando achar uma solução ? Muitos de nós enfrentamos todos os dias uma série de decisões que podem ser simples ou complicadas e que demandam energia física, mental e emocional. Na maioria das vezes a confusão mental é que mais desgasta as pessoas. Que tal experimentar um método que poderá te ajudar a diminuir o nível de ansiedade ao lidar com qualquer problema? Trata-se de um método proposto por Dale Carnegie. Segue um resumo para você começar a aplicar este método hoje mesmo na sua vida. Pode ter certeza que ele fará maravilhas por você e pela sua equipe.

O que fazer ao se deparar com problemas ?

  1. Reunir os fatos.
  2. Tomar uma decisão.
  3. Colocar em prática a decisão agindo.
  4. Resolver problemas através das seguintes questões: Qual é o problema? Qual é a causa do problema? Quais são as soluções possíveis? Qual é a melhor solução?


Como lidar com a ansiedade ? - Veja um roteiro para lidar com as ansiedades no dia a dia de forma prática e objetiva.

Seja um líder, Lidere pelo exemplo

Seja um verdadeiro líder, lidere pelo exemplo

 

Este vídeo fala sobre: exemplo, liderança, ações falam mais alto, Jesus como exemplo de liderança

Existem aqueles que dizem: 'faça o que eu digo e não o que eu faço'. Infelizmente pessoas que pensam assim deixam de considerar o peso que o exemplo tem como modelo de comportamento para outros. Não adianta querer que seu filho não fume porque o cigarro faz mal para a vida dele ou que ele seja um bom leitor para se sair bem nos estudos se você mesmo fuma e não lê absolutamente nada. Crianças aprendem pelo exemplo e não apenas elas. 

O bom exemplo serve para a comunidade onde vivemos, para nossos familiares, para as pessoas que trabalham conosco e assim por diante. Infelizmente, a internet deu voz a muita gente que é um péssimo exemplo. Você não concorda que muitos valores familiares são corroídos pelo péssimo exemplo de muitos hoje ? Que dizer então do aumento da violência ? Infelizmente apesar de muitos avanços que a humanidade teve nos últimos vinte anos as coisas não melhoraram para a sociedade de um modo geral. É só verificar as estatísticas de violência dos últimos anos: assassinato, estupros, danos à propriedades, sequestros e etc. Infelizmente a violência não regride em muitos países como é o caso do Brasil.

As pessoas não nascem más. As crianças são dotadas de uma inocência maravilhosa mas infelizmente a sociedade por meio de maus exemplos acaba educando muito mal esses futuros adultos. O crime que é cometido hoje geralmente pode estar relacionado com o mal exemplo que uma criança viu no passado. Por isso, reflita sempre sobre que tipo de exemplo está dando, seja a mudança que você quer ver no mundo e se você for um líder, se for um gerente ou possuir algum outro tipo de destaque no meio onde vive, a sua responsabilidade é maior, o que você faz tem muito mais peso para outros do que você imagina. Especialmente se você possuir algum tipo de destaque use isso para o bem. Seja um verdadeiro líder, lidere pelo exemplo.

Porque é importante dizer obrigado

Nunca se esqueça de dizer obrigado porque quem é grato é mais feliz.

Porque devemos sempre dizer obrigado ? Agradecer quando alguém te faz uma gentileza é sinal de que você apreciou o que a outra pessoa te fez de bom, isso é um sinal indicativo para o outro de que você reconhece o esforço empregado em te agradar. Também é uma forma educada de retribuir um gesto bondoso com palavras. Podemos dizer que palavras como por "favor" e "obrigado" são como uma graxa que lubrifica a engrenagem dos relacionamentos humanos. Pequenos gestos de gentileza e consideração ajudam a amenizar as dificuldades humanas e servem como uma luz para aqueles que enfrentam o cansaço, o desânimo e outros sentimentos que são difíceis de lidar por conta da rotina do dia a dia. Ver que seus esforços são apreciados podem animar tais pessoas a continuar desempenhando o que fazem com boa vontade e não apenas por obrigação. Além disso, agradecer sempre quem está do seu lado é uma forma de demonstrar reconhecimento diário para aqueles que cuidam de você ou que se preocupam contigo. Imagine se depois de todo esforço em ajudar um amigo ele nem mesmo te dissesse um simples "obrigado". Como você se sentiria ?

Não espere encontrar estas expressões entre pessoas que não foram bem educadas, e quando digo educação não me refiro à educação da escola, não é a escola que tem obrigação de ensinar as pessoas a agradecer. A boa educação vem de um lar onde as pessoas que fazem parte dele praticam em palavras e ações gestos de boa vontade, de atenção e cuidado com o próximo.

Por isso, ao pensar se deve ser grato ou não pense nas pessoas à sua volta. A nossa atitude pode trazer mais felicidade para elas, mesmo pequenos gestos podem demonstrar o quanto prezamos nossos pais, filhos, marido e esposa, irmãos e amigos. Não economize no agradecimento, seja sempre grato com aqueles que estão ao seu redor sempre que houver um motivo para isso. Se você não consegue enxergar pelo que ser grato procure, sempre há algo de bom que derivamos dos nossos relacionamentos. Seja grato por isso.

Acima de tudo, seja sempre grato a Deus o nosso Criador.

"Deem graças por todas as coisas."

1ª Tessalonicenses 5:18

Porque é importante agradecer



Por que é importante agradecer? Toda vez que agradecemos e nos sentimos gratos por algo ou alguém, aumenta-se os níveis de dopamina, um neurotransmissor responsável pelo bem-estar, humor e prazer.

Segundo alguns psicólogos, a gratidão ajuda as pessoas a ficarem menos ansiosas, depressivas e estressadas.

Por isso, pessoas gratas são muito mais felizes, uma vez que sabem valorizar o que possuem. 

O que é Gratidão: significa qualidade de quem é grato, reconhecimento, sentimento de lembrança e agradecimento por um bem recebido, ato de reconhecer alguém por uma ação ou benefício alcançado. Veja também o : Aprendendo a Ser Grato

Como você pode demonstrar gratidão
A maneira mais simples de demonstrar gratidão é por agradecer sempre que alguém te fizer uma boa ação ou te dar algo por dizer obrigado. Além de dizer obrigado, sempre que possível e apropriado, elogie os esforços da outra pessoa ainda mais se ela fez algo inesperado ou que vai além do dever. Um elogio não custa nada mas pode significar muito na vida da pessoa que o recebe. Você também pode retribuir o gesto de bondade por fazer algo pela outra pessoa. Às vezes um vaso de planta ou flor, um bombom, um brinde para um cliente, um cartão para um amigo, enfim, há muitas maneiras de demonstrar apreço pelas outras pessoas. Se for um amigo talvez um convite para jantar ou tomar outra refeição juntos pode ser apreciado. Em todos os casos respeite os costumes locais, o que as pessoas consideram certo e apropriado. Pode não ser considerado apropriado em algumas culturas alguém do sexo oposto presentear uma pessoa casada ou comprometida. Ou dar uma quantia alta em dinheiro de presente para um funcionário público pode ser mal interpretado, ainda mais se for o reconhecimento de um bom atendimento. Fique sempre atento ao que é considerado apropriado em cada cultura mas jamais deixe de demonstrar alguma forma de apreciação ou reconhecimento por aqueles que lhe fazem o bem. Você ficará muito feliz por isso e fará a outra pessoa feliz. No final das contas, isso diminuirá sua ansiedade, aumentará o seu nível de felicidade e acenderá uma chama de boas ações por onde passar, algo que poderá iluminar a vida de muitas pessoas na correria do dia a dia.


A importância da Amizade Verdadeira


Saber quem são seus verdadeiros amigos é tão importante quanto saber a diferença entre uma nota de dinheiro verdadeira e outra falsa. Por que ? Porque a primeira possui valor real e a segunda não vale nada.

Basicamente, Amigos Verdadeiros são aqueles que estão ao nosso lado nos momentos bons e nos mais difíceis, você sabe que eles estarão lá sempre que você precisar. 

Haverá muitas pessoas que você conhece e talvez sejam até bondosas mas que não estarão sempre ao seu lado, principalmente nos momentos em que você mais precisa. Não é que estas pessoas talvez sejam ruins, apenas não podem ser chamadas de amigos. Talvez se enquadrem mais na categoria de conhecidos. E há aqueles que além de não se importarem muito talvez até desejem o seu mal, por ciúme ou inveja, neste caso são os inimigos que podem inclusive estar disfarçados de amigos.

Por que é tão importante saber se você está se relacionando com uma pessoa cuja amizade é verdadeira ou não ? Mais uma vez, um amigo verdadeiro é um tesouro na sua vida, estará sempre pronto para te ajudar como ele puder. Já quem não é seu amigo talvez simplesmente não mostre disposição para te ajudar quando precisar.

Mas um bom amigo não deve ser lembrado apenas em os momentos de crise, um bom amigo é alguém com quem gostamos de compartilhar bons momentos, como um churrasco, um almoço, contar piadas juntos, jogar, brincar e o que mais gostarmos de fazer. No entanto, muitas pessoas gostam de estar com outras quando tudo vai bem. Quer provar isso ? Faça uma festa e saia por ai convidando todos, você vai ver sua casa ficar cheia de gente. Será que todos que foram nesta festa são realmente seus amigos só porque você está compartilhando coisas boas em um momento festivo ? Será que estas pessoas te ajudarão em um momento de crise ? É nas horas difíceis que descobrimos quem são realmente nossos amigos. 

Por isso, valorize os amigos verdadeiros e fuja dos falsos. Trate bem todas pessoas mas lembre-se que nem todos serão realmente seus amigos. Dê especial atenção para os amigos verdadeiros, eles são o tesouro mais precioso que você pode ter em sua vida e provavelmente estarão ao seu lado até o fim.


---

Imagem de Pete Linforth por Pixabay 

Porque é importante perdoar

Muitas pessoas se perguntam porque é tão importante perdoar, porque se fala tanto em perdão. É importante perdoar porque todos somos imperfeitos e erramos muitas vezes sem querer, então se desejamos ter boas relações com outros precisamos estar dispostos a perdoar. Sem o perdão não é possível ter bons relacionamentos familiares, conjugal ou mesmo entre amigos porque não existe uma única pessoa no mundo que não erre.











E quando a pessoa não consegue perdoar ? Neste caso terá de viver com o peso do não perdão e provavelmente o relacionamento que tinha com a outra pessoa que errou será abalado. Dificilmente conseguiremos viver em paz com alguém que não pode ser perdoado, ou dificilmente seremos felizes se estivermos perto desta pessoa porque ao invés de sentir alegria com sua presença haverá o sentimento de mágoa, rancor, desconfiança e tristeza. Se você não pode perdoar alguém por alguma razão muito forte (uma traição, por exemplo), pode ser melhor se afastar de vez dessa pessoa se não houver outras questões envolvidas (sociedade empresarial, casamento com filhos, etc). Mas é claro que pode ser muito melhor o perdão se essa pessoa é alguém muito importante para você.

Perdoar pode ajudar a prevenir doenças. Há muitos problemas de saúde que são desencadeados por fatores psicológicos e emocionais. Por isso quem perdoa está praticando medicina das mais avançadas, está livrando seu organismo de possíveis complicações por motivos de doenças ocasionadas pela raiva, rancor e ódio. Mesmo que a convivência com uma pessoa que te fez mal não seja mais possível, tente perdoá-la para não ficar remoendo o que aconteceu e para que sua vida siga em frente. É claro que alguns casos de falhas graves como algumas atitudes criminosas precisam e devem ser tratados pelas autoridades competentes e com a ajuda de profissionais da área médica como por exemplo, maus tratos, estupros, roubos, violência doméstica e outras formas de violência. Não nutrir rancor por alguém não quer dizer deixar para lá, significa não permitir que a raiva se torne uma atitude dominante em nossas vidas. Agora injustiças graves jamais deveriam ser deixadas de lado, reporte quaisquer ameaças ou casos de violência que sofrer. Depois que tiver feito a sua parte denunciando às autoridades o agressor, tente reconstruir sua vida. Não viva em busca de vingança pois na maioria das vezes este tipo de sentimento faz mais mal do que bem além de não trazer a verdadeira justiça que almejamos. 

Agora para os problemas corriqueiros do dia a dial como mal entendido entre parentes e amigos tente conversar com calma para resolver o problema. Não permita que ele se transforme em um fator de separação da sua família ou que ele acabe com amizades de longa data. Muitas vezes o que consideramos uma ofensa foi apenas um mal entendido entre familiares e amigos. Conversar é a melhor solução, além de pedir perdão se foi você o causador do mal estar. Outra possibilidade também é deixar para lá se foi uma coisa pequena, não querer ser justo demais exigindo que todo mundo seja perfeito. Se for algo que não dá para deixar para lá escolha o melhor momento para conversar e tenha certeza de que ambos estarão calmos. Se achar que é difícil entrar num acordo tente achar um mediador que seja imparcial. Lembre-se que o perdão que hoje você oferece poderá ser o perdão que você precisa amanhã.



Como se proteger das críticas

Como se proteger das críticas

Já percebeu como o mundo anda meio ácido ultimamente ? Veja neste vídeo como poderá se proteger das críticas injustas. Uma mensagem para você refletir e mudar sua atitude com relação a este universo de maldades que nos rodeia.



Como parar de se preocupar com críticas injustas.

Muitas vezes somos vítimas de críticas injustas. Certo sábio disse: "o bem fiz muitas vezes e nisso nunca repararam, o mal fiz apenas uma vez e nisto sempre falaram". Infelizmente a humanidade tem uma tendência de criticar tudo aquilo que não se conforma ao seus ideais. As pessoas tem a tendência de cobrar de outros que se amoldem ao seus padrões. Com isso temos uma completa chuva de críticas por todo lado. Não importa o que façamos este ambiente ácido cheio de veneno está em toda parte, algumas vezes até mesmo de forma disfarçada.Veja neste vídeo como você poderá lidar melhor com as críticas que são dirigidas a você.

Por que muitas vezes recebo críticas injustas ? Algumas vezes uma crítica pode ser um elogio disfarçado, pode ser porque você chamou a atenção de alguém e por inveja ou 'dor de cotovelo' a pessoa ao invés de te elogiar prefere te criticar.

Por que você não deve se preocupar com críticas injustas ? Porque é impossível agradar a todos. Se você assistiu ao vídeo ouviu uma estória interessante sobre isso. A vida é bem assim, não dá para agradar a todos.

Todas as críticas são injustas ? Nem sempre, muitas vezes podemos estar errados, por isso esteja preparado para acolher a crítica e refletir se deve fazer alguma mudança na sua vida. Algumas críticas realmente tem o potencial de nos ajudar, por isso, não brigue com todos e acolha as divergências. Depois reflita sobre elas. As que forem justas use para aprimorar sua vida, as que forem injustas, descarte.

E você, o que faz para se proteger das críticas injustas ? Deixe sua resposta na seção comentários.

Gratidão - Aprendendo a ser grato

Gratidão - Aprendendo a ser grato


"Estejam sempre alegres, orem sempre e sejam agradecidos a Deus em todas as ocasiões."

1 Tessalonicenses 5:16


Uma pessoa grata tem menos ansiedade, tem atitudes mais positivas com todos, tem bom humor e paciência.Segundo alguns psicólogos, a gratidão ajuda as pessoas a ficarem menos ansiosas, depressivas e estressadas. Esse sentimento também está associado à felicidade, ou seja: pessoas mais gratas também são mais felizes.

O que é gratidão: Gratidão é um sentimento de reconhecimento por saber que uma pessoa fez uma boa ação, um auxílio, em favor de outra.

Por que é importante agradecer? Toda vez que agradecemos e nos sentimos gratos por algo ou alguém, aumenta-se os níveis de dopamina, um neurotransmissor responsável pelo bem-estar, humor e prazer.

A gratidão é o estado de ser grato, está relacionado com a atitude, com o que somos por dentro. Devemos desenvolver o hábito de ser gratos, de agradecer pelas coisas boas. Esse hábito tem que ser internalizado, somente assim conseguiremos torná-lo uma prática no dia a dia que irá colaborar para o desenvolvimento da nossa felicidade e de outros.

Seja grato.

Veja também: Como lidar com a ingratidão

Como lidar com a ingratidão ?

 



Infelizmente vivemos num mundo em que muitas pessoas são ingratas. Você já teve de lidar com a ingratidão? Como se sentiu? E quando a ingratidão vem de uma pessoa que você dedicou bastante tempo ou outros recursos, não é bem mais doloroso? Acho que todos sabemos como é passar com isso, quase todo mundo já enfrentou alguma forma de ingratidão em algum momento da vida.

Seja como for é doloroso ter de lidar com a ingratidão, seja de quem for. Então, se você estiver passando por isso ou conhecer alguém que está tendo de lidar com esse sentimento, o que pode ser feito para ajudar a lidar com a ingratidão?

Bem, vamos começar por falar primeiro o que é gratidão para ficar claro ao que se refere este texto. Veja o que diz certo dicionário:



Basicamente é isso tudo o que significa gratidão. Como você pode ver gratidão está relacionada com uma qualidade ou reconhecimento (ação de reconhecer) ou agradecimento (ato concreto). Então para que exista gratidão é necessário ao menos duas coisas: qualidade ou característica da pessoa (vamos direto ao ponto, caráter, personalidade) e ação. Não tem como ser grato apenas no íntimo. A pessoa grata ela age. E não tem como apenas agir sem ter o desejo, pois dai estaremos falando em compensação, retribuição, o que seria apenas devolver o favor para não ficar devendo e não um senso interno de gratidão que vem do fundo do coração através do reconhecimento.

Em outras palavras para demonstrar gratidão precisamos: (1) sentir esse reconhecimento verdadeiro e (2) agir de alguma forma, seja agradecendo ou fazendo algo em favor de quem lhe beneficiou.

Porque essa qualidade é rara no mundo de hoje? Um dos motivos é que muitas pessoas não são ensinadas desde cedo a expressar gratidão ou reconhecer o que outros fazem. A gratidão pode ser ensinada e as crianças aprendem vendo o exemplo dos pais. Se não tivermos o hábito de usar expressões como por favor, obrigado ou mesmo elogiar outras pessoas na frente de nossos filhos quando fazem algo de bom para nós, dificilmente irão aprender a ser gratos. Outro motivo é que muitas vezes achamos que as pessoas não fazem mais do que sua obrigação, então não haveria motivo para reconhecer ou agradecer por algo que é obrigação da outra pessoa fazer. Mas se queremos desenvolver essa atitude de gratidão precisamos reconhecer que mesmo quando as pessoas fazem sua obrigação, de alguma forma somos beneficiados por elas e ser gratos por isso pode ajudar a espalhar esse sentimento. 

Agora para não nos preocuparmos com a ingratidão, que é o assunto desse artigo, teremos de ter uma atitude realista do mundo em que vivemos. A grande parte do mundo não demonstra gratidão e isso não é de hoje. Veja por exemplo, as imagens abaixo que retratam uma lição que ficou registrada pelo Mestre Jesus na Bíblia:






Ter uma atitude realista sobre a ingratidão é entender que o mundo hoje está cheio de gente ingrata, não muito diferente do que era no passado. Mas você pode fazer a diferença, você pode demonstrar gratidão por outros e ensinar seus filhos a demonstrar gratidão. E para não se preocupar com a ingratidão precisa ter um conceito realista, não esperar gratidão de todas pessoas.

Qual o segredo então para lidar com a ingratidão? Faça o bem sem olhar a quem pois isto lhe trará felicidade, mas quando alguém for grato aceite isso, comemore o sentimento de felicidade que dá receber o reconhecimento de quem está grato, mas não se preocupe muito com aqueles que não são gratos. A gratidão também é um comportamento que é aprendido então, muitas vezes as pessoas não tem culpa de não agirem de um modo que não foram ensinadas. Perdoe-as por isso. Se você conseguir encarar a realidade do mundo ingrato em que vivemos de modo realista e conseguir perdoar de coração as pessoas que não sabem ser gratas, você terá menos problemas quando se deparar com a ingratidão e ao saber lidar com esse sentimento você não se sentirá tentado a deixar de fazer o bem a outros mesmo sabendo que muitos não reconhecerão o que você faz. Afinal de contas, o que importa nem sempre é o que os outros fazem ou deixam de fazer, pois não temos controle sobre outros, mas temos controle sobre nós e o que importa é o que realmente somos. O bom é bom e pronto, ele não espera agarrar o poder com isso ou ganhar alguma vantagem por ser bom. Se ele esperasse ganhar algo em troca por fazer um ato de bondade ele não seria bom, seria apenas uma pessoa que faz algo esperando ganhar algo em troca. É o que acontece com muitos comerciantes. Será que um comerciante é bom porque te vendou alguma coisa? Se você no final das contas pagou o preço o que houve foi uma troca e não um gesto de bondade. O vendedor provavelmente estava mais interessado no próprio bem-estar dele e na comissão do que com você, então, será que ele fez algo de tão bom assim? Não se trata de mera troca? Em nossos tratos com outros tenhamos em mente que a bondade não espera algo em troca. O bom faz o bem sem se importar em receber nada de volta e é sobre isso que eu terminamos este artigo, com algumas perguntas para refletirmos:


Se você faz o bem esperando reconhecimento será que você é tão bom assim?
Ou você está apenas agindo visando seu próprio interesse? 
Será que a preocupação exagerada com a ingratidão não é mais um problema seu do que do outro, porque você não está olhando as coisas a partir de um ponto de vista realista do mundo do jeito que é? E o que você pode fazer para espalhar esse sentimento de gratidão hoje?


O que é um relacionamento ganha-ganha?

 


Questão para você:
Quais dos meus relacionamentos são do tipo ganha-ganha?
Quais dos meus relacionamentos são do tipo só um lado ganha?

Por que relações do tipo ganha-ganha são importantes: ao contrário do que muitos pensam, tirar vantagem sobre outros não constrói relacionamentos de longo prazo. Uma empresa que deseja ter um cliente fiel precisa construir valor real para seu cliente. Se o cliente sentir que a negociação foi prejudicial pode decidir não mais voltar e gastar seu dinheiro em outro lugar. O mesmo acontece com os relacionamentos sociais. Para que existam relacionamentos saudáveis e de longo prazo é preciso que as duas partes ganhem.

Qual o risco de ser egoísta: Existem pessoas que só pensam em tirar vantagem dos outros. Com o tempo acabam ficando sozinhos porque ninguém gosta de se sentir usado. Por isso é importante pensar sempre em relações do tipo ganha-ganha, ou seja, você deve dar e precisa também receber para que haja um equilíbrio. Por isso não use as pessoas para atingir objetivos egoístas. Mesmo quando se tratar de relações comerciais tente buscar vantagem para ambos os lados.

Olhe no espelho primeiro: Antes de julgar seus amigos e a sociedade em geral pense no seguinte: quanto eu tenho contribuído para o crescimento, felicidade e sucesso de outras pessoas? Faça uma auto-análise para saber se você é o tipo de pessoa que outros consideram que vale a pena ter como amigo. Se tiver de fazer ajustes, anote em uma folha o que pode fazer para melhorar e busque se tornar uma pessoa melhor.

Você está investindo nas pessoas corretas? Em segundo lugar devemos analisar se nossos relacionamentos também estão nos dando o suficiente em termos de recompensa, afinal de contas também investimos em nossa rede de contatos, seja do ponto de vista comercial, social ou emocional visando também obter algo em troca. Todo ser humano precisa de alimentos, moradia, carinho, amor, dinheiro para sobreviver, estas coisas geralmente vem das interações com outras pessoas. A maioria das pessoas compram seu pão do padeiro, sua carne no açougue e ganha dinheiro trabalhando para alguém. Nenhum homem é uma ilha, todos estamos interconectados com outras pessoas. Verifique sempre se você está investindo nas pessoas corretas, em quem te valoriza, respeita, te trata com justiça. Não é o caso de ser uma pessoa egoísta ou interesseira mas sim de construir relações duráveis, de longo prazo em que todos ganhem. Ninguém gosta de sentir que está sendo usado por isso, relacionamentos que só tiram dos outros, que apenas sugam, não tendem a durar. Por isso avalie também a qualidade dos seus relacionamentos. 

Qual deve ser o objetivo: A regra é construir relacionamentos do tipo ganha-ganha. Quanto mais tempo você investir em relacionamentos assim maior será o ganho para todos os envolvidos. E é disso que trata este artigo, ao buscar relacionamentos do tipo ganha-ganha conseguimos maximizar os benefícios para toda a sociedade. 

Esteja pronto para dar mais do que receber. Existem pessoas que não podem nos dar muito porque talvez não tiveram muito também. Nem todo mundo recebeu carinho e amor em dose suficiente para se tornar a pessoa mais amorosa do mundo, nem todos são tão sociáveis e alguns talvez tenham pouco em sentido material para te retribuir uma bondade. Uma pessoa boa também pensa em relações em que não irá ganhar nada. Pode parecer contraditório com tudo o que foi dito aqui mas devemos também ser úteis para outros sem esperar nada em troca, pois isso pode fazer nosso mundo um lugar melhor. Se acreditarmos que as pessoas podem melhorar e dar também o seu melhor, mesmo que seja pouco, iremos continuar investindo nestas pessoas que pouco nos dão. Provavelmente serão relacionamentos do tipo só um lado ganha. Mas veja, se formos pessoas tão egoístas que só faz algo quando recebe uma recompensa o que isso dirá sobre nós mesmos? Tudo é uma questão de escolha. Nós podemos escolher ser egoístas ou pessoas dispostas a ajudar outros. De acordo com o mestre Jesus, "há mais felicidade em dar do que em receber". (Atos 20:35) Então esteja pronto para dar mais do que receber, mas busque um equilíbrio pois você também precisa receber para que haja uma troca. Se um empresário resolver apenas doar tudo o que tem logo ele poderá estar passando necessidade financeira. O mesmo vale em sentido emocional, se apenas nos doarmos emocionalmente e não recebermos poderemos ficar esgotados do ponto de vista psicológico-emocional. A chave é não ser egoísta, antes equilibrado em tudo o que faz. Busque construir relacionamentos equilibrados mas dê oportunidades também para que aqueles que podem nos dar menos em sentido emocional, social ou material, ou seja, aqueles que mais precisam também possam ter uma parte do seu tempo, atenção ou mesmo recursos materiais se você puder ajudar em algo.

O objetivo final de um relacionamento ganha-ganha é maximizar o bem estar para todos os envolvidos. Somente numa sociedade equilibrada e justa é possível maximizar o bem estar físico e emocional. Por isso, faça a sua parte para construir o mundo que deseja.


-----

Imagem de StartupStockPhotos por Pixabay 

Tenha sempre um bom coração!

 


“Todos os dias do atribulado são maus; mas aquele que é bom de coração tem constantemente um banquete.” —  Provérbios 15:15


As vezes o segredo da felicidade não está necessariamente naquilo que temos ou não. Nem sempre nossas circunstâncias são o que mais importam. A nossa atitude diante da realidade muitas vezes fala mais alto. Existem pessoas que passam por grandes dificuldades e mesmo assim conseguem demonstrar plena felicidade. Outras talvez já tenham tudo e mesmo assim sofrem de depressão ou de aflição mental. O que então determina quem é ou não feliz?

A verdadeira felicidade não pode ser comprada. Ela vem do fundo do coração, da sensação de estar bem consigo mesmo, de estar em paz com outras pessoas, de um senso de realização por fazer o seu melhor. A verdadeira felicidade brota de dentro da nossa alma, ela está disponível para pessoas humildes, para pessoas pobres, para pessoas abastadas, para qualquer tipo de pessoa desde que essa pessoa possa viver em paz e ter o amor presente na sua vida. Não devemos confundir felicidade com posses materiais porque nem sempre a pessoa rica é uma pessoa feliz. Riquezas não podem comprar amor e também não podem comprar verdadeiros amigos. E quem é realmente feliz sem amigos?

Não estou dizendo aqui que não é importante ter conforto ou bens materiais ou que a riqueza seja desprezível, apenas estou afirmando que a verdadeira felicidade não depende necessariamente dessas coisas. Ter bem estar material ajuda a enfrentar melhor várias situações da vida como por exemplo, lidar com doenças, ter uma educação melhor ou mesmo uma casa mais confortável para viver. Mas se concentrar apenas em riqueza material não irá trazer verdadeira felicidade. Há pessoas que possuem conforto material mas vivem uma situação miserável porque não conseguem viver em paz com seus familiares ou ter amigos verdadeiros. Então não foque demais nas coisas materiais, elas são importantes mas não podem comprar a verdadeira felicidade. Antes, porém, procure ter sempre um bom coração e esse coração atrairá pessoas boas para perto de você e também te ajudará a fazer atos de bondade que trarão felicidade para outras pessoas e para você mesmo. 

Um bom coração poderá te ajudar a ter um bom relacionamento com seus familiares e também ter boas amizades. Um bom coração também pode te ajudar a construir um mundo melhor, com menos egoísmo, com menos ganância e mais solidariedade. Estas coisas sim trazem verdadeira felicidade.

Agora como você pode desenvolver um bom coração? Eis algumas dicas que podem te ajudar:
  1. Gaste mais tempo refletindo nas suas crenças (nossas crenças dão sustentação à nossa conduta). Procure ver como sua maneira de pensar pode estar influenciando seu relacionamento com outras pessoas. Se você acredita que todas as pessoas são más e mesquinhas isso poderá influenciar negativamente sua atitude. Procure reavaliar seus pensamentos no que diz respeito ao que realmente tem valor e veja se você está valorizando sua família e amigos verdadeiramente de coração ou apenas acredita que eles estão ai para te servir;
  2. Alimente seu coração com coisas boas. Quem só lê notícias negativas, ouve fofocas e nutre-se apenas com maldade não pode esperar ter um bom coração. Uma planta para crescer saudável precisa dos nutrientes corretos. Alimente seu interior com coisas boas, isso ajudará a reforçar o seu lado bom.
  3. A bondade é um hábito. Pratique todos os dias em palavras, pensamentos e ações. Se você se pegar pensando em coisas negativas a respeito de si mesmo ou de outros corrija seus pensamentos imediatamente. Também tenha o alvo de todos os dias fazer pelo menos uma coisa boa para você e para outras pessoas.
  4. Espalhe bondade e você colherá bondade. Um bom coração é algo raro hoje em dia então, você terá pouca concorrência. Isso te ajudará a granjear bons amigos, respeito e lealdade de outras pessoas e especialmente o amor dos seus familiares e amigos.


Se você possuir alguma dica que queira compartilhar sobre como podemos desenvolver um bom coração deixe na seção Comentários

Como encorajar outros ?

Como podemos encorajar outras pessoas ? Veja algumas dicas a seguir:

  1. O que é encorajamento? A palavra encorajamento é usada muitas vezes para traduzir o significado de παρακαλέω (parakaleo), que é uma palavra de origem bíblica e que pode significar: exortar, admoestar, animar, encorajar, confortar ou consolar entre outras traduções possíveis.
  2. Por que alguém pode precisar de encorajamento ? Qualquer pessoa pode ficar desanimada ou até mesmo deprimida de vez em quando por causa de uma perda pessoal (a morte de alguém querido, por exemplo), a perda dos meios de vida (desemprego, revés financeiro ou um grave problema de saúde que impossibilite a pessoa trabalhar) ou mesmo o rompimento de uma relação (fim do namoro, casamento, amizade etc). Qualquer situação traumática tem o potencial de desanimar e há pessoas que lidam com sentimentos de inferioridade ou mesmo abuso físico, mental ou emocional. Alguns também lidam com limitações físicas como, por exemplo, deficiência ou idade avançada. Uma pessoa também pode ficar desanimada por constantes cobranças (do emprego, da escola ou mesmo de familiares) que também podem causar stress e desanimar.
  3. Como podemos encorajar outros ? Essa resposta depende do tipo de problema que a pessoa estiver passando e também das nossas próprias circunstâncias pessoais. Dependendo do problema às vezes um pequeno gesto pode ser suficiente para encorajar a pessoa, mas há situações em que talvez seja necessário mais esforço para ajudar alguém. Procure avaliar com cuidado a situação. Busque primeiro averiguar o que pode estar pode detrás do desânimo, mas não seja intrometido, respeite a privacidade do seu amigo ou amiga. Conhecer o real motivo pode ajudar a ser mais certeiro na ajuda. Não faça julgamentos. Também não conclua que o problema da outra pessoa é pequeno demais. O que é pequeno para uns pode ser grande para outros e lembre-se que cada pessoa tem sua própria carga de problemas e seu histórico pessoal pode afetar a maneira como lida com um problema em particular. Demonstre empatia, coloque-se no lugar da outra pessoa e seja paciente, alguns problemas levam mais tempo do que outros, dê tempo ao tempo. Seja um bom ouvinte, faça perguntas. Não critique, não condene. Se tiver de tocar num assunto delicado faça como o dentista, que usa anestesia antes de extrair um dente. Tente amenizar a dor, use de elogios sinceros para mostrar ao seu amigo que ele possui real valor e qualidades e que o problema que está enfrentando também poderá ser superado. Se for inevitável tocar em um assunto delicado, espere o melhor momento para isso, seja paciente. Muitas vezes para ajudar um amigo ou amiga que está desanimado nem sempre há necessidade de falar e sim de demonstrar amor genuíno. Como fazemos isso ? Por mostrar que estamos do seu lado e dando o suporte que for necessário. Isto envolve buscar formas práticas de agir. Veja algumas sugestões a seguir:
  • Convide seu amigo para tomar café juntos;
  • Faça uma refeição juntos;
  • Ajude com alguma tarefa caso seu amigo esteja sobrecarregado e suas circunstâncias permitam;
  • Escreva um bilhete para animá-lo;
  • Mande uma mensagem de bom dia (mas por favor, nada de mensagens prontas, seja original, não tem coisa pior do que receber uma mensagem do tipo copia e cola);
  • Ligue para perguntar como está e tente conversar coisas animadoras se seu amigo estiver afim;
  • Encontre aspectos positivos para elogiar;
  • Ouça bastante seu amigo, dê a máxima atenção e não o interrompa enquanto estiver falando, às vezes tudo o que ele precisa é desabafar.
Estas são algumas ideias mas você pode ter muitas outras, se puder deixe suas ideias na seção comentários.

Lembre-se que todos podemos precisar de encorajamento de vez em quando. O amigo que você suporta hoje pode ser o amigo que te dará suporte amanhã. O mais importante na hora de apoiar alguém é se lembrar que o amor é ativo, o verdadeiro amor age em prol de outras pessoas e faz o bem. Na hora de encorajar outros demonstre esse amor, afinal de contas, o amor verdadeiro nunca falha.

Como ter relacionamentos saudáveis?

Em grande parte nossos relacionamentos refletem sempre as partes que estão envolvidas. Relações saudáveis dependem sempre da velocidade com que respondemos às mudanças, ao estresse e circunstâncias do dia dia. 


O que isto significa ? Significa que o que acontece com o "eu" e com o "você" refletem diretamente na qualidade do relacionamento. Por exemplo, se você teve um dia difícil, estressante, isto provavelmente vai influenciar o seu comportamento em relação aos outros. E o que aconteceu com o outro também influencia o comportamento dele. Todos somos afetados pelos problemas do dia-a-dia e ninguém está imune a isso. A grande questão portanto é: o que podemos fazer para não deixar que problemas exógenos ao relacionamento atrapalhe a relação?

O problema muitas vezes não é o problema em si mas como reagimos ao problema. Talvez a primeira pergunta que devemos nos fazer é: como eu respondo as mudanças do dia dia? Entenda que o mais importante não é o que o outro pode fazer e sim o que nós podemos fazer. Nós não temos controle sobre as ações e sentimentos de outros mas temos controle sobre nós mesmos. Então cuidar de nossas ações e sentimentos é um bom lugar para começar. 

Pergunte-se todos os dias: o que eu tenho feito para melhorar meus relacionamentos? O que posso fazer para ser um pai, mãe, irmão, amigo, marido ou esposa melhor? O que posso fazer para contribuir para o crescimento de quem está perto de mim? Como minhas ações e comportamentos influenciam as minhas interações sociais?

Lembre-se que cada um é pessoalmente responsável pela saúde do relacionamento. Se você quer ter bons amigos seja também um bom amigo. E se quiser gastar um tempo meditando sobre isso reflita no texto bíblico que resume bem tudo que foi dito aqui:



Se você ama seu cônjuge, seu parente, seu filho ou amigo com certeza fará o que é melhor para que seu relacionamento fique cada vez mais forte, você vai sempre colocar o bem estar do outro na frente do seu porque isso é o que significa amar de verdade.

Como ser um marido melhor: aja

Veja neste vídeo uma breve reflexão sobre como ser um marido melhor!!!

A vontade é um grau superior a inteligência. A ação um grau superior a vontade. Como ser um marido melhor: aja Não basta querer ser um marido melhor, é necessário agir. Sem ação nada acontece. Por isso se diz que ação é um grau superior a vontade porque só querer algo não é suficiente para mudar a realidade. Se você está com vontade de comer uma pizza mas não se levanta para fazer ou pedir a pizza, você provavelmente vai dormir com fome, ou na melhor das hipóteses vai ter que se contentar com outra coisa. Só quando nos colocamos em ação transformamos a realidade. Não adianta querer ser um bom marido. Boas intenções não mudam o mundo, o que muda o mundo para melhor ou pior são ações. Assim também é no seu casamento. Se você deseja ser um bom marido terá de agir, gastar mais tempo com sua esposa e fazer o que esteja ao seu alcance para agradá-la. Alguns gestos como ajudar com a casa ou com os filhos, ouvir, sair para fazer as coisas que ela gosta (mesmo que você não goste), às vezes uma pequena flor, um cartão, um doce que ela gosta já são suficientes para alegrar o dia dela. Ou quem sabe ajudar na cozinha ou até mesmo cozinhar para ela. Estes são alguns exemplos de boas ações que refletem o que somos por dentro, deixando transparecer nossas intenções e que ajudam a aproximar as pessoas. Ainda que seu casamento não esteja em crise, ou melhor, especialmente quando o casamento está em crise é necessário levantar a bandeira branca, pedir trégua e agir rapidamente para fortalecer o vínculo e agir sem medo por meio de atos de bondade, consideração e principalmente respeito. Expresse seu amor pela sua esposa do jeito que puder. Não importa muito o que você fará, desde que seja feito com amor. Você só tem a ganhar porque o verdadeiro amor não se mede com palavras mas na contextura de cada dia, por muitos gestos e ações que mostram eloquentemente o quanto você ama sua esposa.A fim de ser um marido melhor aja sempre como amor.

Como vencer uma discussão

Veja neste vídeo o melhor jeito de lidar com discussões.

Um vídeo prático de relações humanas para te ajudar a aperfeiçoar seu relacionamento e manter suas amizades.


Nem sempre quem vence é o que realmente ganha, tem muita gente que sempre vence nos debates mas tem poucos amigos. Lembre-se que as pessoas com quem você lida não são criaturas lógicas, são pessoas que possuem emoções como você e eu. Por isso, relaxe e evite aquele impulso de tentar provar que as pessoas estão erradas. Será que é necessário mesmo falar sobre um assunto em que o tema é polêmico ? Será que não dá pra deixar pra lá ? E se tiver que tocar num assunto polêmico porque este é inevitável, procure o melhor jeito de fazer isso. Leve em consideração os sentimentos e crenças da outra pessoa. Cada um tem direito de ter sua própria opinião, mesmo que seja a errada. Respeite esse direito e com muito amor e paciência tente entender a outra pessoa. E procure rever seu ponto de vista, quem garante que você está certo ou que o seu jeito é o melhor ? Confie na capacidade dos outros também, não seja orgulhoso. Se no final das contas você estiver certo e precisar realmente tocar no assunto, vá com calma, com muita paciência ajude a pessoa a enxergar o seu ponto de vista mas respeite o direito dela de pensar diferente. Se forem trabalhando em conjunto, buscando pontos onde concordam e criando uma base comum de entendimento e compreensão, pode ser que consigam chegar num consenso de uma maneira que ninguém fique magoado. Lembre-se, o objetivo não é ganhar a discussão e perder o amigo e sim ganhar o amigo e encontrar uma solução para o aparente problema. 

E você? o que faz quando se depara com situações difíceis ? Compartilhe na seção comentários sua opinião sobre o assunto.

Veja mais...
Como manter a calma - Veja neste artigo como é possível apesar de todos os problemas que enfrentamos no dia a dia manter a calma e a serenidade tão importantes para nossa paz e saúde.