Como ser uma esposa cristã melhor

Família cristã unida

Ser uma esposa melhor não é tarefa fácil num mundo que cobra muito das mulheres. Não é raro a mulher ter que ajudar a sustentar um lar financeiramente e ainda se deparar com os padrões de esposa, mãe e principal cuidadora do lar. Pode não ser assim todos os casos mas ainda é numa grande maioria. Com tantas responsabilidades, como uma mulher cristã pode ser também uma excelente esposa?

Por incrível que pareça, se você for uma mulher cristã você pode ser uma excelente esposa ainda que seu marido não seja talvez o melhor marido do mundo. Isso porque a esposa cristã está mais preocupada em agradar a Deus do que a si mesma. Muitas vezes ela não é bem compreendida por essa decisão de levar Deus em consideração na hora de tomar suas decisões já que no mundo é muito comum a busca pelo auto-interesse. Mas longe do que pensa o mundo, o desejo da mulher cristã é servir a Deus e é ele quem dá forças para ela prosseguir nessa missão.

Para se tornar uma esposa cristã melhor a mulher precisa levar em consideração o que dizem as escrituras sobre o papel da mulher. Provérbios 31:10 descreve a esposa capaz como de inestimável valor e neste capítulo de Provérbios, a Bíblia destaca várias qualidades que são atributos da esposa capaz. Quer ver um resumo dessas qualidades?

Ela é digna de confiança e faz tudo que pode para cuidar das necessidades da sua família, incluindo ajudar no orçamento familiar.

Mas se você, esposa, deseja se tornar alguém melhor, terá de ir além de pensar apenas nas necessidades materiais da sua família. Existe um ditado que diz que muitos homens se casam com uma princesa mas quando chegam em casa só encontram uma doméstica. Às vezes a mulher é ótima cuidadora das necessidades materiais da sua família, lava, cozinha, passa, limpa a casa, cuida dos filhos, mas quando o marido chega só encontra uma pessoa exausta, acabada pelos afazeres, desarrumada. Por mais que todas as outras qualidades sejam importantes e louváveis você esposa tem que estar atenta que as necessidades da sua família vão além dos cuidados materiais. Existe uma necessidade que é tão importante quanto comer, beber, dormir, que é a necessidade de sentir-se amado e apreciado. Às vezes o marido chega em casa e a esposa está tão envolta com seus afazeres que não se lembra de perguntar como foi o dia do marido, ou muitas vezes o marido só quer alguém para conversar sobre o seu dia, ou receber carinho. Não é tanto como a esposa está arrumada que manda mas como está seu coração, suas emoções ao receber o marido. Fica alegre quando ele chega? Está com saudades? Se empolga enquanto ele fala? Fica feliz quando recebe carinho? A atitude fala mais alto do que muitas palavras, adornos e roupas.

Para ser uma boa esposa cristã você tem de ser amiga do seu marido, estar pronta para recebê-lo assim como fazia enquanto ainda namoravam. Então perceba que isso envolve a necessidade de equilíbrio entre todos os afazeres diários e para ter energia suficiente quando seu marido chegar. A palavra chave é equilíbrio. Se você ficar o tempo todo preocupada com os afazeres domésticos ou com sua vida profissional pode não sobrar tempo para dar atenção ao seu marido. A mesma verdade vale também para o marido. O equilíbrio é a chave. Tanto marido quanto a esposa devem se preocupar com as necessidades físicas do lar mas não podem gastar todo seu tempo só trabalhando em casa ou fora dela. Precisam reservar tempo para os dois. E isto é muito mais difícil para as mulheres porque geralmente a carga delas é mais pesada, isso quando não tem dupla jornada tendo que trabalhar fora e depois ainda no lar. Marido, não seja um fardo para sua esposa, ajude-a com as tarefas do lar, essa conversa de machismo e dizer que as responsabilidades do lar são coisas para as mulheres é puro machismo e uma tremenda desculpa para não fazer a sua parte. Todos tem o dever de colaborar com a manutenção do lar. Entretanto, em quase toda parte jogam esta responsabilidade para a mulher por questões históricas. Mas ainda que seja este o seu caso, esposa, busque o equilíbrio entre suas atividades de modo que sobre alguma energia para dispensar atenção ao seu marido. Para isso você terá de fazer escolhas elegendo prioridades. Este princípio pode ser encontrado na Bíblia em Filipenses 1:10 que diz que ‘devemos nos certificar das coisas mais importantes‘. E o que é mais importante? Sua família deve estar entre as coisas mais importantes. Assim, é razoável que você reserve tempo para descansar o suficiente para ficar perto do seu marido. Mas como uma esposa pode encontrar tempo para dar atenção o seu marido? Isto envolve priorizar o que é realmente importante e não ficar preocupada em fazer tudo mas em fazer o que é realmente mais importante como diz a Bíblia.

Outros pontos para poder refletir são:

I – Adorar a Deus junto com seu marido pode aumentar a união entre vocês. Deuteronômio 31:12.

II – Seja amiga do seu marido. Esteja pronta para ouvi-lo sem criticar, especialmente se você for mais inteligente do que ele. (Efésios 5:22) Nem todo homem é muito inteligente mas praticamente todos gostam de pensar que são. Por isso tenha paciência com seu marido e ajude-o com jeitinho a melhorar.

III – Muitos problemas no casamento surgem por causa do dinheiro e o modo como é gasto. Conversem francamente sobre quais são suas reais necessidades e evitem fazer dívidas. A esposa pode ajudar no orçamento do lar de muitas formas, esteja atento a tudo. Por causa da inflação, desemprego, problemas de saúde, apenas para citar alguns, a situação da família pode oscilar rapidamente. Usem de sabedoria coloquem Deus em primeiro lugar. (Mateus 5:33) Administre com cautela seus recursos materiais.

IV – Jamais flerte com outros. Por mais que as coisas estejam difíceis cofie em Deus para prover a saída e não caia na conversa de oportunistas. Agir de modo diferente poderá pôr fim ao seu casamento e estragar sua relação com Deus. (Hebreus 13:4)

Neste mundo turbulento ainda podemos fazer o que é correto do ponto de vista de Deus e você, mulher, que edifica o seu casamento esteja certa que possui um grande valor aos olhos de Deus.

Como se tornar um marido cristão melhor

Família cristã unida

É um verdadeiro desafio qualquer casamento sobreviver por causa das pressões do dia-a-dia e não é diferente para quem é cristão. As pressões econômicas, as dificuldades para manter o lar, a degradação moral, enfim, são muitos desafios hoje em dia que tornam difícil para as famílias manter a união e ser feliz no casamento. Mas saiba que vale a pena se esforçar para manter o seu casamento e fazer seu cônjuge feliz e ademais, se você for cristão você sabe que ao fazer isso estará também agradando ao Senhor seu Deus.

Embora os conselhos citados neste artigo sejam baseados na Bíblia e voltados principalmente para os cristãos, qualquer pessoa poderá se beneficiar deles, já que a Bíblia é uma carta de Deus para humanidade.

Como ser um marido melhor

I – Esteja sujeito ao Cristo. Para se tornar um marido cristão melhor você tem que aprender a estar sujeito ao Cristo (1 Cor 11:3). Tudo o que Jesus disse ou fez estava em harmonia com a vontade de Deus. Por isso, marido, pare para refletir se suas ações e palavras estão em harmonia com o exemplo dado por Jesus. Como Jesus tratava as pessoas? Sempre com respeito e amor. Em muitas passagens do evangelho notamos que ele era terno e carinhoso. Você tem que tratar sua esposa da mesma forma, com amor e ternura e especialmente de forma respeitosa. O amor de Jesus por seus seguidores era tão grande que ele morreu por eles. Jesus também era humilde até mesmo ponto de lavar os pés dos seus amados discípulos.

II – Seja amigo. Não pense apenas nas necessidades materiais da sua esposa, lembre-se que ela precisa da sua amizade (Gênesis 1:18). A Bíblia diz que Deus viu que não era bom que o homem continuasse só por isso Deus fez uma ajudadora para ele. Mas veja que essa ajudadora foi criada a partir do homem, da costela de Adão Deus a formou, ou seja, ela tinha em comum a mesma essência que do homem. E isto é um fato comprovado, homens e mulheres são praticamente iguais em tudo geneticamente falando, a única diferença está em um único cromossomo de um total de 46. De fato, quando Deus uniu Adão e Eva Ele disse que eles eram uma só carne. Por isso marido, assim como você tem muitas necessidades que vão além das necessidades físicas, assim como você possui sentimentos como tristeza, alegria, raiva e outros, sua esposa também sente as mesmas coisas. E ela sente muito mais do que você porque esse único cromossomo diferente dotou as mulheres de qualidades que as tornam diferentes do homem. Deus disse que era para que a mulher servisse como complemento. Se o homem precisava de complemento era porque ele não estava completo, a mulher o completa. Então, em algumas coisas pode parecer que a mulher é mais frágil do que o homem mas em outras ela é superior. Um serve como complemento do outro, assim Deus nos fez. E quer saber uma necessidade que todos nós temos mas parece que as mulheres tem ainda mais ? Amizade. As mulheres tradicionalmente gostam de estar com as amigas, conversar, puxar conversa. Os homens muitas vezes são mais caladões, conversam menos, são mais objetivos. Sua esposa precisa ter você como amigo para suprir a necessidade dela. Mas talvez você se pergunte: o que é ser amigo? Amizade é um relacionamento mais achegado com outra pessoa, está num nível mais alto do que o mero conhecimento de alguém. Geralmente numa amizade há o interesse mútuo no bem-estar físico, espiritual e emocional do outro. Um relacionamento no nível da amizade exige uma confiança maior entre os envolvidos. Essa confiança, como disse certo filósofo, é tal que seus pensamentos podem ser ditos em voz alta na presença do amigo. Então marido, se você quer ser alguém melhor seja amigo da sua esposa, o melhor amigo dela. Você tem que ser aquela pessoa com quem ela possa conversar, rir, chorar. Quando ela passar por problemas esteja atento, ouça com paciência. Quando ela errar não seja duro demais, entenda que todos cometemos erros e sua esposa não é diferente. Quando chegar em casa tenha interesse em saber como foi o dia dela. Procure saber quais são seus hobbies, comidas preferidas, esportes, leituras e tudo o mais que puder. Talvez você não goste de tudo o que ela gosta mas incentive-a a continuar fazendo o que ela gosta, ela precisa ter sua individualidade e se sentir bem consigo mesmo. (1 Cor 13:4-7)

III – Adore a Deus juntos. (Deuteronômio 31:12) Estar unido com sua esposa e adorar a Deus é uma excelente forma de aumentar o vínculo de amor entre vocês e ao mesmo tempo acrescentar um elo que tornará ainda mais forte o seu casamento: Deus.

IV – Seja carinhoso. Não trate sua esposa apenas como um objeto, lembre-se que no casamento as relações sexuais podem ser uma forma de demonstrar seu carinho pela sua esposa e não um mero meio de sentir prazer. (1 Cor. 7:3-5) Trate-a com ternura, diga sempre que a ama quando estiver sozinho com ela ou quando estiver perto de outros, elogie sempre o que ela faz bem, gaste tempo com ela, busque formas de mostrar que a ama em palavras e ações todos os dias.

Se você chegou até aqui está de parabéns, basta colocar em prática essas sugestões e se lembrar que Deus irá abençoá-lo se você se esforçar em ser um bom marido e nunca se esquecer que o elo mais importante no casamento é ter Deus nas suas vidas.

 

 

Como ser um marido melhor

Os melhores relacionamentos são aqueles em que ambos os parceiros desempenham seus papéis ativamente. Mas hoje vamos nos concentrar principalmente nos papéis desempenhados pelos maridos nas famílias tradicionais.

Pode parecer complicado mas na verdade tratam-se de medidas simples que visam resgatar os relacionamentos ou aumentar ainda mais o vínculo que os une.

Em primeiro lugar, preciso dizer que é necessário deixar o telefone de lado. O que deveria ser uma ferramenta para unir as pessoas acaba por fim servindo para afasta-las se não for usado com prudência. É muito comum hoje em dia as pessoas estarem numa roda de amigos e ao invés de conversar entre si ficam grudados no celular. Esse tipo de comportamento não tem sido diferente dentro de casa e ao invés de aproximar as famílias a tecnologia acaba as afastando. Por isso a primeira dica nesses tempos modernos é ponha o seu telefone de lado. Se não for possível ficar totalmente longe dele, coloque-o no silencioso ou desligue-o pelo menos por algum tempo para poder se concentrar em quem está ao seu lado.

Em segundo lugar esteja atento ao tipo de emoções que você traz para casa. Talvez você tenha de ser uma pessoa competitiva no trabalho, talvez tenha motivos para estar estressado, cansado, preocupado com seus afazeres profissionais mas pelo bem do seu casamento ao entrar em casa deixe os assuntos profissionais de lado e concentre-se nas pessoas que estão dentro do seu lar. Se o seu dia não foi lá tão bom não é culpa da sua família. Não desconte no seus entes queridos sentimentos de raiva, frustração e nem os sobrecarregue com seus problemas profissionais. Não quero dizer que você não possa desabafar e conversar com sua esposa sobre seu trabalho mas que, pelo bem da sua família, seus problemas e todas aquelas emoções do trabalho não deve ser descarregados sobre seus entes queridos.

Imagine uma esposa que ao invés de se alegrar com a chegada do marido contente e animado ao voltar para casa, fique ansiosa porque o seu marido provavelmente não vai chagar nem animado e nem feliz e pode chegar inclusive pronto para explodir.Será que essa esposa não sentirá frustração por não ter aquele homem por quem se apaixonou do seu lado? O lar deveria ser um lugar de paz, tranquilidade, união e amor.

É claro que não é tão simples tudo o que estou dizendo aqui. Não dá para virar uma chavinha e de repente mudar todo o seu humor mas dá para se esforçar, tentar ser alguém melhor quando chega em casa para aquelas pessoas que nos são mais precisosas.Nada justifica não dar atenção para sua esposa ou tratá-la com rudeza.

E por fim você deve tratar sua esposa como ela verdadeiramente é, uma rainha, senhora do seu coração e merecedora de todo seu carinho. Beije-a ternamente quando chegar em casa, abrace-a, diga-lhe o quanto a admira e se importa com ela. Se você a ama irá tratá-la com ternura, respeito e demonstrar a gratidão por tudo que ela faz. Expresse sempre sua paixão por ela e deixe ela saber porque você a ama.

Essas três dicas deveriam ser um hábito nas nossas vidas. Muita gente reclama do casamento e acha que há algo de errado com esse tipo de união. Na verdade o seu casamento pode ser muito feliz mas dependerá em muito da forma como você e seu cônjuge irão administrá-lo.A decisão está em suas mãos.