quarta-feira, 10 de novembro de 2021

Cuidado com as complicações que a falta de vitamina D pode causar



Porque a vitamina D é importante? A vitamina D é importante porque está relacionada com vários processos vitais do nosso organismo. A falta de vitamina D pode causar:

  • Baixa imunidade;
  • Fadiga sem motivo aparente;
  • Dores nas costas e nos ossos;
  • Desânimo constante;
  • Problemas de cicatrização;
  • Perda de cabelo;
  • Dor muscular.

            Imagine como pode complicar sua vida não ter ânimo para fazer as coisas ou como sua saúde pode ficar complicada por problemas relacionados com dores, ossos fracos, baixa imunidade e até problemas de cicatrização, consegue imaginar como a vitamina D é tão importante para nós ?

            Já que ela é tão importante vejamos como podemos ter fácil acesso a ela. Primeiro precisamos entender como ela é produzida. Cerca de 80% da vitamina D é produzida na pele após exposição à radiação ultravioleta B. vitamina D é produzida a partir do colesterol quando nossa pele é exposta aos raios ultravioleta B (UVB). No entanto, são estes mesmos raios que causam queimaduras e câncer de pele então, embora seja importante ficar exposto aos raios ultravioleta B é preciso tomar cuidado com o excesso de exposição para não ter outros problemas como, por exemplo, câncer de pele ou queimaduras. O importante é encontrar o equilíbrio e principalmente tomar sol nos horários em que o ele está mais próximo à linha do horizonte. Para se ter uma ideia, dependendo do país e da região em que a pessoa vive esse horário pode variar, mas geralmente o período após o amanhecer até as 9:00 horas da manhã e depois a partir das 16:00 horas até o pôr-do-sol são os horários que geralmente estão na faixa recomendada pelos cientistas. Esse horário pode variar um pouco dependendo da localização geográfica da época do ano. 

            Então, como a maior parte da vitamina D é produzida pelo nosso próprio corpo através da exposição solar, é importante tomar sol pela manhãzinha e depois ao entardecer pelo menos algumas vezes por semana. Mas como fazer isso se não tivermos tempo ? A maioria das pessoas trabalham durante o dia. Veja então algumas sugestões: a primeira delas é procurar caminhar mais principalmente quando for ao trabalho e na volta dele ou usar outros meios de transporte que não sejam fechados, como a bicicleta, por exemplo. Outra sugestão é evitar cobrir totalmente o corpo, senão, como a luz solar vai atingir sua pele ? E ainda outra sugestão é fazer mais reuniões ao ar livre, fugir um pouco do escritório, tomar café na rua, sentar-se mais nas praças para conversar. Ficar muito tempo dentro de um escritório ou dentro de um prédio pode trazer efeitos ruins para sua saúde. Se possível, sente-se perto de uma janela para tomar um pouco do sol da manhã  ou do entardecer se você não pode sair do escritório ou de casa.

            Além do sol, outra forma de ter acesso à vitamina D é através dos alimentos como por exemplo, óleo de bacalhau, gema de ovo e figado, mas geralmente a quantidade absorvida por meio da alimentação é insuficiente para nossas necessidades e o melhor jeito ainda é através da luz solar. Por isso que existe aquele ditado: "casa onde não entra sol entra médico". A luz solar é muito importante para um monte de coisas e ela é de graça, aproveite esse recurso natural de forma consciente.

            CUIDADO: Não tome suplementos de vitamina D sem a orientação médica. Quando a vitamina D é produzida naturalmente por meio da nossa pele, o corpo humano possui um sistema que ajuda a equilibrar a quantidade de vitamina D. Em caso de exposição prolongada à radiação, existe mecanismo intrínseco de regulação da produção cutânea, que previne a superprodução e consequente intoxicação pela vitamina D endógena. Esse mesmo mecanismo não existe se usarmos suplementação e como a vitamina D, apesar de ter esse nome, na verdade é um hormônio, o excesso dela ao invés de trazer benefícios pode trazer complicações. excesso de vitamina D aumenta a captação intestinal de cálcio, reabsorção tubular renal e reabsorção óssea, levando à hipercalcemia (nível elevado de cálcio no sangue) com seus sintomas relacionados, como náusea, vômitos, fraqueza, anorexia, desidratação e quadro agudo de insuficiência renal. Por isso, jamais tome vitamina D em forma de suplemento sem a orientação médica.

            Fique atento: 

            Se você tiver falta de vitamina D pode ser que também esteja com problemas relacionados com o colesterol porque o colesterol é a base da vitamina D processada em nosso corpo. Mas mesmo os cientistas ainda não conseguem entender a relação causal, se é a falta de vitamina D que causa problemas em quem tem colesterol desregulado ou se o colesterol desregulado e a falta de vitamina D é causada justamente porque as pessoas que menos tomam sol podem ser as que menos praticam exercícios. De qualquer modo, fique atento se algumas das duas condições aparecerem no seu caso e peça para seu médico avaliar o quadro.

            ----
            Imagem de Jill Wellington por Pixabay 

            Nenhum comentário:

            Postar um comentário