sábado, 30 de outubro de 2021

Como lidar com seus próprios erros

Geralmente não temos problemas em ser condescendentes e perdoar outros mas muitas vezes temos dificuldade em nos perdoar. Há pessoas que vivem um verdadeiro tormento sempre se cobrando, exigindo de si mesmos a perfeição em tudo o que fazem. É bom desejar mudar, ainda mais quando é para melhor, mas se cobrar excessivamente por tudo o que acontece de errado ou querer ser perfeito é uma meta irreal para qualquer ser humano.

Requer muita humildade reconhecer os próprios erros e há uma grande vantagem em fazer isso. Um dos benefícios por exemplo, que podemos citar, é a oportunidade de aprender com o erro e fazer as mudanças necessárias para consertar seja lá o que for. Nem tudo pode ser consertado. Uma taça de cristal, por exemplo, depois de quebrada jamais voltará para seu estado original. Mas ficar se condenando para sempre porque quebrou uma taça não é produtivo. O que podemos fazer é aprender com o erro para nunca mais cometê-lo ou tentar reparar o que fizemos. No caso da taça, talvez comprando outra para colocar no lugar. Na vida haverá muitas coisas que nós teremos chance de consertar, mas nem tudo pode ser consertado. Algumas coisas terão de ser substituídas, outras talvez admitidas como perda e seguir em frente, mas é claro, depois de aprender com o erro.

Por isso, antes de se julgar severamente por causa de um erro cometido, siga os seguintes passos: (1) descubra exatamente qual o erro, (2) depois como ele aconteceu, (3) pergunte-se por quê as coisas chegaram a tal ponto, (4) pergunte-se o que você pode fazer para consertar o erro , (5) coloque-se em ação em harmonia com o passo anterior e (6) o que você pode aprender com seu próprio erro

Faça o que estiver ao seu alcance para resolver o problema e depois disso, mantenha em mente apenas a lição aprendida. Não fique remoendo eternamente o que aconteceu de ruim, isso não te levará a lugar algum mas coloque-se em ação na direção correta seguindo os 6 passos citados anteriormente.

Por agir dessa forma sua vida não se tornará um mar de rosas, mas você terá um pouco de paz mental por não ficar se cobrando excessivamente. Também terá uma vida mais produtiva à medida que você aplicar os passos 4 e 5 e por fim, ao aplicar o passo 6 você se tornará cada vez mais sábio à medida que os anos forem passando e a sabedoria te ajudará a ter uma vida mais plena e feliz.


Imagem de John Hain por Pixabay

Nenhum comentário:

Postar um comentário