sábado, 30 de outubro de 2021

Como acabar com o pessimismo



O que causa o pessimismo? O pessimismo geralmente não é uma escolha consciente. Algumas pessoas são geneticamente predispostas a ser mais negativas do que outras. Todavia, muitas vezes o pessimismo é desenvolvido como resultado de circunstâncias externas como a perda do emprego, sofrer algum acidente, doença ou outros traumas. Muitas vezes estar envolvido em um ambiente pessimista, onde muitas pessoas só enxergam o que há de pior ou não possuem esperança em relação ao futuro, pode fazer com que mesmo uma pessoa otimista acabe ficando pessimista. Nesse sentido para termos uma atitude otimista devemos também tomar muito cuidado com o ambiente em que vivemos. Alguns países que passam por sérios problemas econômicos possuem mais pessoas que sofrem de uma visão pessimista com relação ao futuro por falta de esperança de que haja uma mudança de situação, ainda mais quando os problemas já duram muitos anos. Então, é muito importante cercar-se de pessoas otimistas para ajudar a lidar com o pessimismo.

O que é o pessimismo? Pessimismo é definido como uma atitude que faz com que uma pessoa sempre espere que o pior irá acontecer. Muitas vezes o pessimismo também pode ser encarado como um traço de personalidade, uma característica pessoal e que pode ser controlada.

Algumas vezes o pessimismo pode ser ampliado por circunstâncias físicas conforme já foi explicado no começo, tendo em vista que algumas pessoas possuem predisposição genética para isso. No entanto nem sempre são fatores genéticos que levam uma pessoa a ser pessimista. E nem sempre o fato de uma pessoa ter predisposição genética é uma certeza de que ela será pessimista. Ou seja, embora os genes possam contribuir com alguns tipos de traços de personalidade, não podemos negar que em parte existe também a possibilidade de escolha de comportamento porque nem sempre o pessimismo é causado apenas por fatores genéticos. Como muitos comportamentos, no caso do pessimismo é possível que cada um trabalhe sua personalidade de modo que possa melhorar o comportamento de forma consciente. Quando o pessimismo é fortemente causado por fatores simplesmente genéticos ou diante da incapacidade de lidar com ele, principalmente naqueles casos em que o pessimista além de ter uma visão ruim do futuro também passa a ter pensamentos suicidas ou outros que possam prejudicar seu desenvolvimento ou por em risco sua vida, é muito importante que se busque ajuda profissional de médicos para avaliar o quadro clínico da pessoa.

Agora o que fazer se seu pessimismo não for causado apenas por fatores genéticos e sim por uma alteração da sua visão de mundo ? Seguem algumas dicas que podem ser de ajuda para lidar o pessimismo.

  1. Não há nada de errado em esperar o pior mas desenvolva também esperança;
  2. Tente novas maneiras de pensar, use sua imaginação para pensar em cenários alternativos;
  3. Desenvolva gratidão por tudo, isso te ajudará a ter uma perspectiva mais feliz da vida;
  4. Esteja rodeado de pessoas otimistas, o otimismo é contagiante;
  5. Tenha uma visão mais realista das coisas, faça uma lista com os prós e os contras ou confira as estatísticas. Faça uma lista das suas atividades do dia a dia e anote as que você acha que vai ter algum problema sério e no final do dia marque as que não houve inconvenientes sérios e as que de alguma forma causaram sério prejuízo ou problema real. Depois de algum tempo pegue suas listas e reflita na seguinte questão: quantas vezes algo que você achava que ia ser ruim realmente aconteceu ? Use as estatísticas.

Veja neste vídeo como uma mudança de atitude pode influenciar sua vida.

---
Imagem de Engin Akyurt por Pixabay 

Nenhum comentário:

Postar um comentário