sábado, 30 de outubro de 2021

Faça o seu melhor

Se estiver passando por um momento difícil talvez este texto possa te ajudar, principalmente se estiver sentindo-se culpado por não conseguir fazer o tanto que gostaria ou prosseguir.

 Às vezes nos cobramos demais porque crescemos ouvindo milhares de vezes que devemos ser ou fazer algo, que devemos atingir um determinado modelo de perfeição ou sucesso. A escola moderna muitas vezes educa dessa forma, por exemplo, para ser aprovado você deve atingir um certo desempenho, obter boas notas e assim por diante. Basicamente somos educados para competir com outros e com nós mesmos, como se a vida fosse uma corrida. Geralmente os modelos impostos pela sociedade implicam que você só terá sucesso se conseguir atingir determinadas metas ou riqueza, fama e assim por diante. Muitas vezes nos cobramos porque somos medidos pelos valores de outras pessoas, ou pelos valores do que a maioria considera que deveria ser o sucesso. 

Mas lembre-se que você não é o que veste, não é o carro que usa e não é o emprego que tem. Você é uma pessoa única e especial e estas coisas são apenas meios, meios para um fim. O sucesso não deveria ser um jogo do tipo 'quem faz mais' no entanto, muitas vezes somos medidos desta forma. Este tipo de cobrança leva à exaustão e muitas vezes à depressão.

Devemos ser equilibrados em nossos julgamentos principalmente em momentos de grandes mudanças e instabilidades, como o momento em que vivemos, numa crise sanitária, uma pandemia em que a todo instante surgem novos desafios como abertura e fechamento de comércio, problemas de saúde, isolamento e assim por diante. De repente muitos foram obrigados por força da circunstância a trabalhar em home office com todos os desafios que isso traz, como por exemplo, administrar o trabalho tendo que conviver com crianças por perto, ou o desafio de se manter socialmente distante de amigos, colegas de trabalho e parentes pelo bem de todos. Como se cobrar se atualmente fazemos menos do que fazíamos antes ou se ganhamos menos por conta dessas mudanças ? Não se cobre demais, entenda que as circunstâncias ruins obrigam a uma revisão das metas e objetivos, mas não mudam quem você é.

A humanidade sempre enfrentou problemas desafiadores e ainda assim, cá estamos todos, então de alguma forma, o que podemos aprender é que o ser humano possui um talento especial para sobreviver mas o modo como isso se dá muitas vezes depende de quão bem preparados e calmos estamos para lidar com os problemas. Por isso eu te peço, mantenha a calma apesar de quaisquer dificuldades que possa estar passando. Não se culpe demais pelo que não pode fazer mas faça o que pode. Aprenda a enxergar a diferença entre o que pode ser feito e o que não pode. Geralmente não temos controle sobre o que não podemos fazer, pode ser que hajam circunstâncias limitadoras como falta de recursos, tempo, conhecimento e assim por diante. Mas temos total controle sobre aquilo que podemos fazer, neste campo podemos decidir agir ou não. Então concentre-se no que pode fazer e é ai que está sua melhor chance de seguir em frente.

Algumas pessoas passam tempo demais lamentando pelo leite derramado, pelo tempo perdido ou por aquilo que já não tem controle. Por exemplo, se um barco afundou, pouco podemos fazer para traze-lo de volta, se a leiteira entornou e o leite se perdeu, ficar lamentando também não vai ajudar. O que ajuda é agir naquilo que temos controle. Por exemplo, você pode ir lá e tirar mais leite da vaca ? Pode ir ao mercado e comprar mais leite ? Pode construir um novo barco ? Se pode, se tem condições de agir, é ai que está sua melhor chance, faça o melhor que você pode com aquilo que você tem. E se você não tem condições de resolver seu problema atualmente, será que pode criar as condições para fazer isso no futuro?

Muitas vezes escutamos as pessoas reclamando porque ganharam um limão, uma situação azeda na vida. Reclamar geralmente é uma atitude que pouco contribui para as coisas melhorarem, mas com o limão você pode fazer uma limonada. Mas o que dizer se você não estiver com sede e não quiser os limões ? Bem, você poderia vender os limões ou quem sabe, vender a limonada que terá um valor agregado maior e comprar outra coisa. Você pode a partir de uma situação que talvez não seja tão boa buscar soluções. Mas para isso é necessário manter a calma e enfrentar o problema.

No final das contas não importa se o problema é grande ou pequeno mas sim a maneira como você reage a ele. Por exemplo, todos concordam que um grande problema como um incêndio florestal pode colocar a vida das pessoas em risco, além da vida dos animais e a perda do bioma. Isto sim é um grande problema. Mas sabia que a maioria dos problemas não nasce grande ? Se você morar numa casa de madeira, por exemplo, e esquecer uma vela acesa e esta vela cair sobre uma roupa ou tapete, inicialmente é um problema pequeno, vai começar um fogo bem pequeno. Mas se você não agir, em pouco tempo aquele pequeno problema poderá incendiar toda a casa. Muitos problemas são pequenos no começo. Ai se nossa reação for do tipo que vê o problema e fala "isso não é nada, é só um probleminha, deixa pra lá", com o tempo aquele pequeno problema poderá crescer e crescer e no final das contas se tornar um grande problema. Por isso que muitas vezes o problema não é o problema em si mas como reagimos a ele.

Não importa portanto, se você tem um problema grande ou pequeno, tenha calma e faça o seu melhor, especialmente se o problema ainda for pequeno e puder ser facilmente resolvido. No final das contas é só isso o que interessa, fazer o melhor que podemos com as condições que temos.



Plano de Ação

Veja a seguir um pequeno roteiro que poderá te ajudar a lidar com algumas situações difíceis

  1. Que problema você tem enfrentado ultimamente que tem te causado algum tipo de aflição ou ou preocupação?
  2. Este problema é um problema pequeno ou grande ? Se for um problema pequeno resolva-o imediatamente
  3. Que condições ou recursos você precisa para resolver seu problema ? Você possui estes recursos ? Se não, pode conseguir ? 
  4. Consegue separar os problemas que tem solução dos que não tem ? Se não tem solução, adianta se preocupar com ele ? Não seria melhor concentrar seus esforços em resolver os que tem solução ?
  5. Repita sempre: "Vou fazer o meu melhor com os recursos que tenho e no final é só isso que realmente importa".

Veja mais...
Qual qualidade é mais importante para ter sucesso ? - Existe uma qualidade que é uma das mais importantes que pode ser encontrada em toda pessoa de sucesso. Sem essa qualidade não é possível vencer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário